Curiosidades

Curiosidades: “A história de Laika”

Laika

Você pode até conhecer a história da primeira viagem do homem ao espaço, mas você sabia que a primeira terráquea a fazer a tal viagem foi uma cadelinha russa chamada Laika?

Laika era uma SRD (mistura de Husky Siberiano), pesava cerca de 6 kg, vivia nas ruas de Moscou e tinha cerca de três anos quando foi capturada pela equipe do programa espacial soviético. Ela e outros cães foram capturados para treinamentos em voos experimentais, pois os cientistas consideravam a espécie inteligente e disciplinada para suportar viagens ao espaço.

LaikaLaika
Laika

Em 3 de novembro de 1957 Laika foi lançada ao espaço dentro da Sputnik II. A nave foi elaboradora em menos de um mês a tempo de se comemorar o 40º aniversário da revolução comunista. A princípio o objetivo de enviar a cadelinha Laika ao espaço era criar procedimentos para posteriormente serem aplicados aos cosmonautas russos, mostrando ao mundo que a União Soviética possuía recursos e capacidade para colocar uma nave em órbita com um ser vivo dentro. No fundo o lançamento foi um fracasso, já que o experimento de lançar um ser vivo ao espaço não foi bem sucedido quanto se esperava.

LaikaLaika
Laika

Por anos, os soviéticos informaram que Laika sobreviveu por dias após o lançamento, mas somente em 2002 a verdade foi revelada. A cadelinha faleceu poucas horas após o lançamento por estresse e superaquecimento, já que os cientistas não tiveram tempo hábil de criar um escudo contra o calor capaz de manter a temperatura da cadelinha. E de qualquer forma, a cadelinha não conseguiria voltar a Terra, pois a nave não possuía nenhum sistema de paraquedas. Portanto, qualquer ser vivo que fosse enviado ao espaço dentro da Sputnik II faria uma viagem só de ida.

Monumento em homenagem a Laika

Dos animais que foram enviados ao espaço na década seguinte, somente Laika não voltou. Talvez essa tenha sido uma grande lição que os soviéticos tenham aprendido e infelizmente a Laika pagou pelo descaso.

Em 11 de abril de 2008 foi inaugurado um monumento no centro de Moscou em homenagem e honra à cadelinha Laika. A figura de bronze de dois metros de altura, representa um dos segmentos de um foguete espacial, que se transforma em uma mão humana, sobre a qual está o corpo de Laika. Muitas outras homenagens foram prestadas e a memória dessa cadelinha tão especial será eternamente preservada.

Ainda hoje não sei se eu sou o ‘primeiro homem’ ou o ‘último cachorro’ a voar ao espaço .
Yuri Gagarin, o primeiro cosmonauta da história.

4 Comentários

  • Mary

    Já me emocionei mto com essa história da Laika. Me revolta… tantos animais que tiveram que dar suas vidas para experimentos sem saber de nada e sem poder escolher. Mto triste. Lindo o monumento dela.

    Bjo

  • Cris

    Ai, chorei :(
    Eu sempre quis que o nome da Milly fosse Laika, mas não sabia que ela tinha morrido assim.
    Se eu conseguir terminar minha dissertação com o envio de plantas ao espaço, dedicarei meu trabalho à Laika. Sempre achei super fofa essa heroína que, mesmo sem querer, teve uma importância gigantesca pra ciência.
    E que os cientistas aprendam, um dia, a dar mais valor a essas vidas.
    Bjão, sis!

  • Juliane Luna

    Ai guria chorei lendo! Só de ver as fotinhos dela me dá uma tristeza. Não me conformo de usarem animais para experiencias, mas é a “evolução”. Espero que aprendam a dar mais valor ao ser vivo. :(

    Beijão e parabéns pelo blog! É a primeira vez que entrei nele e adorei!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.