Meu AmiCÃO

Meu amiCÃO: Vany e “Nana”

E hoje temos a participação da Nana e a sua dona queridíssima Vany! :D
Conheci a Vany há 10 anos, através dos nossos blogs pessoais e há pouco tempo, pude conheça pessoalmente (já que ela é de MG). Amei! :) Só faltou conhecer a Maltês fofaaaa! ^_^

A Vany contou um pouco da história da sua AUmiga, Nana (a seção chama “Meu amiCÃO“, mas fêmeas também participam, ok? Hehehe) e estou publicando para todos conhecerem essa fofurinha! *-*

Nana
Nana Hachi *-*

Nome, idade e raça

Nana Hachi (devido ao mangá Nana que tanto amo!), 1 ano e 3 meses, Maltês.

Como a Nana entrou em sua vida?

A Nana entrou na minha vida por causa da vontade imensa que eu tinha de ter cachorrinho.

Quando eu era solteira, minha mãe não deixava eu e meu irmão ter cachorrinho pois, ela alegava que nós não iríamos cuidar ou dar a tenção devida pois estudávamos e trabalhávamos. Quando me casei, o meu primeiro desejo era de ter um cãozinho. Sempre quis uma cachorrinha pra poder encher de lacinhos e frufrus, tinha que ser branquinha, peludinha e de médio porte. Tinha que se adequar a apartamentos (pois moro em um) e também com a rotina do dono, afinal eu e meu marido trabalhamos o dia todo. E tudo isso encontrei na raça Maltês!

Encontrei uma pessoa que vendia Maltês na minha cidade e realizei meu sonho!

Após a chegada da Nana, o que mudou em sua vida?

Depois da chegada da Nana, tudo mudou em nossas vidas. Começamos a cuidar dela, nos sentimos pais! Eu me sinto tão mãe dela que tudo penso nela, me preocupo com ela. Se viajo moooorro de saudades de até chorar. Ela nos dá alegria, nos dá amor, eu me sinto menos estressada!

Adoro ensinar as coisinhas pra ela e com o passar do tempo ela fazer certinho. Ela ficou bem mimadinha, mas é o xodó de toooda minha família!

Nana e Vany

O que fazem juntas?

Eu e a Nana brincamos juntas, gosto de esconder dela e ela sai me procurando desesperadamente pela casa ou brincar de ficar debaixo do edredon e ela ficar cavando pra me achar. Jogar bichinhos dela pra ela buscar e me dar. Passeamos nos finais de semana, na pracinha, em pista de cooper e na casa de familiares onde sempe ela é o centro das atenções! Passeamos de moto e também de carro! Ela adora!

Quais são as manias da Nana?

Ela tem a caixinha de brinquedinhos dela que ela ama e morre de ciúmes, ama roer ossinho daqueles que derretem, adora carinho na barriguinha e chega até ficar sempre de barriga pra cima pra recebê-los sempre que deseja ser acarinhada. Ela esconde debaixo da cama com carinha triste qdo sabe que a mamãe e o papai estão se arrumando pra sair e ela sabe que não vai. Se alguém me abraça, ela corre pra cima morrendo de ciúmes.

Ela tem mania de dormir no colo da gente com o focinho bem escondidinho no nosso braço. Mania de pular de alegria quando chegamos do trabalho e ter que pegar ela no colo pra ela dar beijinho na gente se não ela late sem parar. Se falarmos a palavra “VAMOS”, ela já sabe q é pra ir pra passear e faz a maior algazarra e até chora pra ir.

A Nana tem mania de correr com bichinhos na boca, que fazem barulhinho pra lá e pra cá, mas o bichinho tem que fazer barulhinho pra ela correr, se não ela não corre fica tentanto achar com a boquinha onde sai o barulhinho do bichinho pra correr.

Ela tem o prazer de ficar deitada ao lado do papai ou da mamãe. Nunca longe! Ela dorme com a gente, acorda a gente com lambidinhas no rosto. Desce da cama só se falarmos a palavra “VAI”.

Situação divertida

Situação divertida são muitas! Ela sempre arranca sorrisos da gente… todo dia… toda hora!

Já teve/tem outros bichinhos de estimação?

Já tive 2 passarinhos canarinhos que soltávamos na sala e eles ficavam pousados na nossa cabeça e 1 gatinho branquinho que se chamava Mingau! Todos eles morreram e deixaram muiitas saudades!

A seção “Meu AmiCÃO” é publicada toda semana e serve para compartilhar as histórias de leitores e seus amiCÃES. ;) Caso você queira participar, entre em contato através do e-mail: priscila@amocachorros.com.br com o título: “Meu AmiCÃO”

11 Comentários

  • Helena

    Que história super linda!
    Ás vezes penso em ter um cachorro menor, afinal o meu é um crocodilo (exagero da dona).
    Pri, o seu cãotinho tá ficando cada dia mais perfeito com essas entrevistas, espero que elas continuem para eu poder várias!!

    Resposta de Prix:

    Helena, obrigada pelo carinho! A história da Nana e da Vany é uma fofura, né? ^_^

  • Vany

    Ahhhhh Pri!!! Amay o post sobre a Nana!!! Fico tão emocionada que meus olhos enchem de lágrima ! Obrigada por dedicar um blog para nosso amicão, para os cãezinhos que ainda não acharam uma família, obrigada pelas dicas!!! AMO-TE! A Nana adorou participar do seu bloguinho.Mandou lambidinhas pra vc e disse que sempre q precisar ela irá colaborar com o blog! PARABÉNS amadinha!Muito feliz viu???

    Resposta de Prix:

    Vany, amei contar com a sua participação e da Nana liinda! :D
    Mais uma vez, obrigada pelo carinho! :*

  • Cris Marques

    Ooohhh meuDeos a Nana é mesmo uma fofa, e deixa a Vany por roupinhas e coisitas mais!!! A poodle da minha mãe que eu tanto amo, a Phoebe, já é maloqueira e não gosta de roupas hihihi e é um amor e traz muita vida e alegria para dentro de casa.

    Eu assim como a Vany não posso ter bichinhos em casa, pois moro com os meus avós, mas qdo tiver meu cantinho quero adotar cachorro, gato e ter um hamster

    Bjins

  • Tamires

    eu tenho dois cachorros machos o nino e beetoven o nino é sem raça tem 15 anos e o beetovem é um pestinha de 1 ano e 9 meses no começo eu sempre quis ter uma cachorrinha minha vó não deixava mesmo nem macho muito menos femia mas insinti tanto que ganhei o poodle beetoven mas meu sonho de ter uma cadelinha é tanto tanto mas só tenho 13 anos so vou realizar esse sonho quando não morar mais com meus avós buaaaaa
    vejo essas cadelinha lindas de roupinha laçinhos me da uma vontadinha de ter uma

    bjs tamires

  • LARISSA

    Oiiiiiiiiii, gostei muito de saber que vc amo os cachorros meu nome e larissa tenho duas cachoras e um gato uma cachorra se chama july e a outra se chama suzy meu gatinho se chama niho fico feliz em saber que vc nao e uma daquelas pessoas que pegam o cachorro e depois jogam na rua obrigado por ser carinhosa com seus cachorros ate mais depois vou comentar mais………….

  • Édika

    oi eu tenho uma historia parecida com a sua hoje tenho uma cachorrinha chamada Amy eu meu marido a amamos de verdade e as vezes achamos que as pessoas podem achar feio todo esse cuidado com ela e vendo a sua historia acho que se a gente ama ninguem tem nada a ver com isso não é afinal eu tenho sentimentos ne…é linda a sua cachorrinha parabens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.